sexta-feira, 30 de maio de 2008

Stonehenge

Las 26 mejores fotos del día
Ken Geiger/National Geographic / EFE
Stonehenge, el famoso yacimiento prehistórico de Inglaterra, es solo un cementerio, y no un lugar construido con fines mágicos, según una investigación publicada por la revista National Geographic.

Complete Nu

Fico-me por ti

scarlett-johansson-woody-allen-new-york-magazine-photoshoot

Não esquecer uma "matriz"

Ora, os nossos governantes estão ao serviço do regime e não têm a vontade política necessária à mudança. Os partidos políticos da alternância, PS e PSD, seja qual for o seu discurso, parecem estar coligados na manutenção da situação.

Como disse o prof. Eduardo Lourenço ao "Diário de Notícias", são "duas alternativas à mesma coisa", a manutenção do status quo. José Sócrates e Manuela Ferreira Leite, abstraindo a diferença de género, são duas faces iguais de uma mesma moeda. Com uma diferença - Sócrates enganou-se no filme e esqueceu o socialismo.
Entre a vergonha e a tragédia

"A democracia portuguesa falhou"

Um relatório sobre 25 Estados membros da UE refere Portugal como tendo, no período de 2000 a 2004, um dos mais baixos rendimentos per capita - com 960 mil pessoas a viver com menos de 10 euros por dia - e maior desigualdade na distribuição de riqueza; um estudo de Alfredo Bruto da Costa, reputado especialista na matéria, certifica que pouco ou nada se tem evoluído no combate à pobreza, calculando que 46% da população passaram por esse estado entre 1995 e 2000. Parece pois lícito concluir que a democracia portuguesa falhou dois dos seus objectivos essenciais: promover a coesão social e melhorar o nível de vida.
POBRE PORTUGAL

Fernanda Câncio
jornalista
fernanda.m.cancio@dn.pt

Senhor, eu quero ser bom!


Soberbo dia! Impunha-me respeito / A limpidez do teu semblante grego;
E uma família, um ninho de sossego, / Desejava beijar sobre o teu peito.
O livro de Cesário Verde, A Débil, pp 62

quinta-feira, 29 de maio de 2008

Torre da água

Las 20 mejores fotos del día
JAVIER BELVER / EFE
Torre del Agua, con una escultura que simula la caída de una gota de agua, parte de la Exposición Internacional de Zaragoza 2008, que se celebrará del 14 de junio al 14 de septiembre

Modelo Europeu de Curriculum Vitae



Só pra envenenar...

O senhor não tem idade nem curriculum!


O Primeiro-ministro José Sócrates num momento de alucinação dirigindo-se a Francisco Louçã disse: ' Você não tem idade nem curriculum ...'.

Uma boa piada, diz o jornalista do Portugal Diário! Eu fui à Internet verificar o curriculum e não resisto a publicar:

Actividade política:

*Louçã, nasceu em 12 de Novembro de 1956. Participou na luta contra a Ditadura e a Guerra no movimento estudantil dos anos setenta, foi preso em Dezembro de 1972 com apenas 16 anos e libertado de Caxias sob caução, aderindo à LCI/PSR em 1972 e em 1999 fundou o Bloco de Esquerda. Foi eleito deputado em 1999 e reeleito em 2002 e 2005. É membro das comissões de economia e finanças e antes comissão de liberdades, direitos e garantias. Foi candidato presidencial em 2006.

Actividades académicas:

Frequentou a escola em Lisboa no Liceu Padre António Vieira (prémio Sagres para os melhores alunos do país), o Instituto Superior de Economia (prémio Banco de Portugal para o melhor aluno de economia), onde ainda fez o mestrado (prémio JNICT para o melhor aluno) e onde concluiu o doutoramento em 1996.

Em 1999 fez as provas de agregação (aprovação por unanimidade) e em 2004 venceu o concurso para Professor Associado, ainda por unanimidade do júri. É professor no ISEG (Universidade Técnica de Lisboa), onde tem continuado a dar aulas e onde preside a um dos centros de investigação científica (Unidade de Estudos sobre a Complexidade na Economia).
Recebeu em 1999 o prémio da History of Economics Association para o melhor artigo publicado em revista científica internacional. É membro da American Association of Economists e de outras associações internacionais, tendo tido posições de direcção em algumas; membro do conselho editorial de revistas científicas em Inglaterra, Brasil e Portugal; 'referee' para algumas das principais revistas científicas internacionais (American Economic Review, Economic Journal, Journal of Economic Literature, Cambridge Journal of Economics, Metroeconomica, History of Political Economy, Journal of Evolutionary Economics, etc.).

Foi professor visitante na Universidade de Utrecht e apresentou conferências nos EUA, Inglaterra, França, Itália, Grécia, Brasil, Venezuela, Noruega, Alemanha, Suíça, Polónia, Holanda, Dinamarca, Espanha.
Publicou artigos em revistas internacionais de referência em economia e física teórica e é um dos economistas portugueses com mais livros e artigos publicados (traduções em inglês, francês, alemão, italiano, russo, turco, espanhol, japonês).

Em 2005, foi convidado pelo Banco Mundial para participar com quatro outros economistas, incluindo um Prémio Nobel, numa conferência científica em Pequim, foi desconvidado por pressão directa do governo chinês alegando razões políticas.

Terminou em Agosto um livro sobre 'The Years of High Econometrics' que será publicado brevemente nos EUA e em Inglaterra.
Obras publicadas:

Ensaios políticos

Ensaio para uma Revolução (1984, Edição CM)
Herança Tricolor (1989, Edição Cotovia)
A Maldição de Midas – A Cultura do Capitalismo Tardio (1994, Edição Cotovia)
A Guerra Infinita, com Jorge Costa (Edições Afrontamento, 2003)
A Globalização Armada – As Aventuras de George W. Bush na Babilónia, com Jorge Costa (Edições Afrontamento, 2004)
Ensaio Geral – Passado e Futuro do 25 de Abril, co-editor com Fernando Rosas (Edições D. Quixote, 2004)

Livros de Economia

Turbulence in Economics (edição Edward Elgar, Inglaterra e EUA, 1997), traduzido como Turbulência na Economia (edição Afrontamento, 1997)
The Foundations of Long Wave Theory, com Jan Reinjders, da Universidade de Utrecht (edição Elgar, 1999), dois volumes
Perspectives on Complexity in Economics, editor, 1999 (Lisboa: UECE-ISEG)
Is Economics an Evolutionary Science?, com Mark Perlman, Universidade de Pittsburgh (edição Elgar, 2000)
Coisas da Mecânica Misteriosa (Afrontamento, 1999)
Introdução à Macroeconomia, com João Ferreira do Amaral, G. Caetano, S. Santos, Mº C. Ferreira, E. Fontainha (Escolar Editora, 2002)
As Time Goes By, com Chris Freeman (2001 e 2002, Oxford University Press, Inglaterra e EUA); já traduzido para português (Ciclos e Crises no Capitalismo Global - Das revoluções industriais à revolução da informação, edições Afrontamento, 2004) e chinês (Edições Universitárias de Pequim, 2005)
* Fonte Wikipédia

Sobre sócrates, sabe-se que é engenheiro civil tirado na Universidade Independente, ainda sob suspeita de ilegalidades. Que assinava como Engenheiro quando era Engenheiro-Técnico. Que elaborou ou pelo menos assinou uns projectos de habitação caricatos. Que a sua actividade política se deu com o 25 de Abril na JSD/PSD e depois no PS como deputado e como governante. Do seu curriculum sabe-se ainda (embora ele o desconhecesse) que teve uma incursão fugaz como empresário-sócio de uma empresa de venda de combustíveis.

Quanto a curriculuns estamos conversados!

Quanto à idade devem ter diferença de meses...

Comparar o currículo de Sócrates a Louça, é o mesmo que dizer que o vinho a martelo é superior a uma Cartuxa Reserva 2002 Tinto.

Campanha eleitoral dos professores contra o PS

Começou oficialmente a campanha eleitoral dos professores contra o PS, com o slogan: 'VOTA À DIREITA OU À ESQUERDA!
NÃO VOTES PS!'
A DERROTA DAS MAIORIAS
O governo governa com a maioria e não com as manifestações da Rua, diz o Sr. Primeiro Ministro. É verdade, se o PS não tivesse a maioria, o Governo nunca teria tido a coragem de insultar os professores, nem de aprovar o novo estatuto da carreira docente, que é um insulto a quem presta tão nobre serviço à Nação. Já foi votada no Parlamente por três vezes a suspensão do novo estatuto da carreira docente e das três o PS votou contra suspensão.


Colegas, chegou o momento de ajustar contas com o PS. Se este partido tivesse menos de 1% do votos expressos nas últimas eleições, não teria a maioria e nunca teria tido a coragem de promover esta enorme afronta aos professores. Somos 150.000 o equivalente a 3% dos votos nacionais expressos. Se nas próximas eleições, que são dentro de um ano, todos os professores votarem em massa em todos os partidos excepto no PS, este partido nunca mais volta a ter a maioria e será a oportunidade soberana de devolver ao Sr. Sócrates as amêndoas amargas que ofereceu aos professores.


Colegas, quem foi capaz de ir do Minho, Trás-os-Montes, Algarve, Madeira e Açores a Lisboa, também consegue nas próximas legislativas dirigir-se à sua assembleia de voto, e votar a derrota do PS.

Em Portugal há partidos para todos os gostos quer à direita quer à esquerda do PS, é só escolher, maiorias nunca mais.
Os professores para além de terem a capacidade de retirarem a maioria ao PS têm a capacidade de o derrotar, basta para isso que os professores convençam metade dos maridos ou mulheres, metade dos seus filhos maiores, metade dos seus pais e um vizinho a não votar PS, e já são mais de 500.000, foram os votos que o PS teve a mais que a oposição.


Os professores estão pela primeira vez unidos, esta união é para continuar, e têm uma ferramenta poderosa ao seu alcance, a Internet, que nos põe em contacto permanente uns com os outros.

Senão vejamos, esta mensagem vai ser enviada a cinco colegas. Se cada um dos colegas enviar a mais cinco dá 25. Se estes enviarem a mais cinco dá 125. Se estes enviarem a mais cinco dá 625. Se estes enviarem a mais cinco dá 3.125. Se estes enviarem a mais cinco dá 15.625. Se estes enviarem a mais cinco dá 78.125. se este enviarem a mais cinco dá 390.625, isto é, o dobro dos professores que há em Portugal. À sétima vez que esta mensagem for reenviada todos os colegas ficarão a saber a informação que ela contém.

Ramiro Marques

3D



Foto: RADAR OREILLY
El programa cartográfico en tres dimensiones en Firefox.
Un pequeño cambio en el código que permite a los propietarios de páginas web la inserción de las cartografías de Google Maps en sus sitios de internet basta para hacer que los internautas que les visitan puedan ver las cartografías en tres dimensiones. Google Earth aterriza así en el navegador.

Google Earth se cuela ahora en tu navegador

Openbook


El fabricante de componentes electrónicos Via Technologies ha publicado en internet el diseño del hardware de un ordenador portátil de bajo coste equipado con el sistema de conexión inalámbrica WiMax, según informa The New York Times. Es peculiar porque se publica bajo licencia de Creative Commons, que permite copiar, compartir, modificar y por supuesto usar el diseño, atribuyendo su autoría a Via.

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Manifesto

O deputado do PS Manuel Alegre será orador num comício que na terça-feira junta dirigentes do Bloco de Esquerda, renovadores comunistas e socialistas «históricos» contra as «desigualdades», as «injustiças» sociais e a corrupção em Portugal

"animal político"

O facto é que poucos políticos como Soares sabem ler os sinais, interpretar os descontentamentos, perceber onde poderá estar uma saída . É bom recordar que foi ele e nenhum outro a obrigar os jornais a inventar o termo "animal político". Soares fala de pobreza e riqueza ("ostensiva e muitas vezes inexplicável"), volta a discordar das políticas seguidas por Blair, e explica, preto no branco porque razão Bloco e PCP vão subindo nas sondagens.
Ouçam o que ele diz

"o agudizar das desigualdades sociais"

O pai da democracia portuguesa emprestou o peso das suas palavras a uma causa justa, pois a crise lavra num tecido social debilitado. No 1.º trimestre, 137 mil portugueses confessaram a sua impotência e desistiram de continuar a procurar emprego, um abandono que maquilha as estatísticas do desemprego (passam do contingente de desempregados para o de "inactivos"), mas aumenta as manchas de pobreza.
O bom conselho de Soares a Sócrates

O melhor jogador de Portugal

Um poster de Eusébio, editado ilegalmente em 1973, poderá transformar-se no mais caro de sempre...
Sol

Mars Phoenix Lander


NASA/JPL-Caltech/University of Arizona / Reuters
Descenso marciano. La sonda espacial Mars Phoenix Lander desciende con el paracaídas desplegado sobre el cráter Heimdall, de diez kilómetros de diámetro, en una imagen captada por el satélite Mars Reconnaissance Orbiter el pasado domingo.

Decote generoso


Joshua Lott / Reuters
El generoso escote de Jennifer Hudson.

Firefox 3RC1


Más rápido, más seguro, gráficamente más atractivo y más fácil de usar. La nueva versión del navegador Mozilla, Firefox 3, está en la recta final para su lanzamiento definitivo, previsto para el próximo mes de junio. Tristan Nitot, fundador y presidente de esta organización en Europa, asegura que incorpora más de 15.000 mejoras respecto a Firefox 2.
Desde hace unos días es posible descargar e instalar Firefox 3 RC1, una versión estable del navegador que se pone a disposición de los internautas para que pongan a prubea el programa.

IW3C2, XVIII CI - Internet 2009

Madrid acogerá el XVIII Congreso Internacional de Internet 2009 (IW3C2, en sus siglas en inglés), un evento que organizará la Universidad Politécnica en colaboración con el Consorcio Mundial de la Web (W3C). España ha sido elegida como sede europea del encuentro por su posición como referente tecnológico en el mundo hispano.

terça-feira, 27 de maio de 2008

"Quem vos avisa vosso amigo é"

.../Em Portugal, permito-me sugerir ao PS - e aos seus responsáveis - que têm de fazer uma reflexão profunda sobre as questões que hoje nos afligem mais: a pobreza; as desigualdades sociais; o descontentamento das classes médias; e as questões prioritárias, com elas relacionadas, como: a saúde, a educação, o desemprego, a previdência social, o trabalho. Essas são questões verdadeiramente prioritárias, sobre as quais importa actuar com políticas eficazes, urgentes e bem compreensíveis para as populações. Ainda durante este ano crítico de 2008 e no seguinte, se não quiserem pôr em causa tudo o que fizeram, e bem, indiscutivelmente, para reduzir o deficit das contas públicas e tentar modernizar a sociedade. Urge, igualmente, fortalecer o Estado, para os tempos que aí vêm, e não entregar a riqueza aos privados. Não serão, seguramente, eles que irão lutar, seriamente, contra a pobreza e reduzir drasticamente as desigualdades.

Já uma vez, nestes últimos anos, escrevi e agora repito: "Quem vos avisa vosso amigo é." Há que avançar rapidamente - e com acerto - na resolução destas questões essenciais, que tanto afectam a maioria dos portugueses. Se o não fizerem, o PCP e o Bloco de Esquerda - e os seus lideres - continuarão a subir nas sondagens. Inevitavelmente. É o voto de protesto, que tanta falta fará ao PS em tempo de eleições. E mais sintomático ainda: no debate televisivo da SIC que fizeram os quatro candidatos a Presidentes do PPD/PSD, pelo menos dois deles só falaram nas desigualdades sociais e na pobreza, que importa combater eficazmente. Poderá isso relevar - dirão alguns - da pura demagogia. Mas é significativo. Do que sentem os portugueses. Não lhes parece?...|

POBREZA E DESIGUALDADES


Mário Soares

mini DVD a bordo da Phoenix


The Planetary Society / Reuters
La primera librería marciana está dentro este mini DVD que ha viajado a Marte a bordo del Phoenix. Contiene una serie de textos científicos y de ciencia ficción sobre Marte, y mensajes para los futuros colonos marcianos.
20minutos

Força da natureza

China Daily / Reuters
Vista aérea de la tragedia. Una zona de Beichuan, China, sepultada por un corrimiento de tierras provocado por el terremoto de hace dos semanas.
Las 20 mejores fotos del día

O mais rápido do mundo

Tiene tan sólo 9,5 milímetros de alto y 10 centímetros de largo, pero en su interior guarda un potente dispositivo de almacenamiento sin partes móviles. Se trata del nuevo disco SSD de Samsung, que ofrece la mayor velocidad de escritura y lectura de este tipo de dispositivos.

Aquí está el disco duro sólido más rápido del mundo

segunda-feira, 26 de maio de 2008

a esmagar o orçamento familiar e a liquidar a economia!

P.S. Depois da intimidação em escolas antes dos 100 mil professores na rua, o Governo mandou a PSP desviar o trânsito no Porto para diminuir o protesto motorizado contra as SCUT. Ai se a moda pega quando o Porto voltar a ser campeão….
A economia do engenheiro!

O Estado fora da economia


.../"A fome, o desemprego, os salários miseráveis, o endividamento das famílias e o paupérrimo crescimento económico não se resolvem com as velhas receitas salazarentas. Resolvem-se com o Estado fora da economia, fora dos negócios, mais pequeno e mais forte ao serviço dos mais pobres. Resolvem-se com o fim do Estado insaciável, monstruoso, que asfixia a economia e liquida os cidadãos.
Estado de Sítio - Celeiro de Portugal


polo norte de Marte, a superfície


NASA,JPL, Caltech, University of Arizona / Reuters
Superficie marciana. Una de las primeras imágenes de la superficie de Marte enviadas por la sonda espacial Phoenix Mars Lander tras su aterrizaje en el polo norte del planeta rojo.

polo norte de Marte


EFE/NASA
Imagen cortesía de la Nasa en su salón de control en Pasadena, California (EE UU), que muestra parte de la superficie de Marte enviada por la sonda 'Phoenix'.

Phoenix' aterriza en el polo norte de Marte

domingo, 25 de maio de 2008

Novas do boicote selectivo à Galp

NÃO ABASTEÇO NA GALP, NEM QUE A MENINA DA BILHA ME LEVE AO COLO

Participam neste protesto:

  1. "Arrochadas (2.0)"

Para evitar que a Galp se ofenda com a utilização do seu logo O Jumento adoptou o balão da Barbearia do Senhor Luís.

Festival da Canção, edição 53 - lugar 13

A representante de Portugal, Vânia Fernandes e a canção "Senhora do Mar"

A foice e o martelo

Miembros del Partido Comunista de Rusia han lanzado un boicot nacional contra la proyección en el país de la última entrega de la saga de aventuras de Indiana Jones, porque "atenta contra la ideología marxista y distorsiona la Historia".

La hoz y martillo protestan contra el látigo y el sombrero

Modelos, reconvertidas a 'dj's'


Lauren Pope y kellie Acreman, dos conocidas modelos del Reino Unido, han decidido cambiar las pasarelas por las cabinas de los dj's de las discotecas londinenses.

La idea surgió de Pope, que ya había comenzado a practicar con la mesa de mezclas en el pasado, gracias a un amigo dj que la enseñaba.

Según informa el diario The Sun, la otra componente del dúo, Acreman, se unió poco después porque "no era muy divertido pinchar sola". El estilo de las dos chicas: house, R'n'B y hip hop.

Las dos modelos-'dj's' causan furor

"Instinto básico"


Los paparazzis no descansan nunca. Ahora le toca a Sharon Stone ponerse roja y ver cómo sus ‘vergüenzas' han salido a la luz tras ser fotografiada en un yate durante su visita al festival de Cannes.

Le fotografían el ‘instinto básico’

A cor do sangue


El presidente francés, Nicolas Sarkozy, se ha constituido en acusación particular en un procedimiento judicial abierto contra fabricantes y distribuidores de camisetas en las que se juega con logotipos de marcas conocidas, y en su caso con su propio apellido.

El diario Le Dauphiné Libéré reveló hoy que Sarkozy ha decidido ser parte civil en la demanda por unas camisetas comercializadas por la compañía JMB de Lyon en las que aparece transformada en una diana la "o" de su apellido, envuelto en manchas de sangre, junto al lema de la República Francesa: Libertad, igualdad, fraternidad.

Sarkozy demanda a una empresa por ensangrentar su apellido en camisetas

O coleccionador de estatísticas

...Como hemos visto en otros ejemplos (Universcale), el ejercicio de la ciencia necesita comprender los números.
Pero también es útil
comparar magnitudes cuando se trata de entender a las gentes o a los países, como vimos también en GapMinder o en Worldmapper. Para comprender a la humanidad, hay que empezar por sus números, y por la geografía.

Ésta es la función de NationMaster, una página web dedicada a almacenar y presentar de modo comprensible múltiples estadísticas sobre todos los países del mundo...


El coleccionista de estadísticas

Relógio dos acontecimentos

La circunferencia de un reloj es una sorprendentemente sofisticada convención para representar el tiempo. Sorprendente, y sencilla de integrar en una máquina, en especial una basada en engranajes y otro tipo de ruedas.

El principal, que reune la máxima cantidad de información en el mínimo espacio, es el World Clock (reloj mundial). Presidido, como es lógico, por un reloj que muestra la hora (extraída de nuestro propio ordenador), el reloj mundial evita sin embargo los diales y se limita a amontonar toda una serie de números que crecen frenéticamente.

En este minuto nacerán 250 niños y morirán 110 personas

Tetralogia romanesca

Dentro de aproximadamente un año las librerías de todo el mundo recibirán la nueva novela del escritor colombiano Gabriel García-Márquez , con la que cerrará una tetralogía dedicada al amor. El ciclo comenzó en 1985 con El amor en los tiempos del cólera, siguió con Del amor y otros demonios (1994), continuó con Memoria de mis putas tristes (2004) y finalizará en 2009.
Escribió el libro, que trata de Cuba, entre 1975 y 1979.

Cerrará un ciclo de amor con un libro escrito hace 30 años

For your eyes only

Hace 100 años que el padre de James Bond, el escritor británico Ian Fleming (1908-1964), nació en la ciudad de Londres. Por este motivo, la capital ha organizado varios actos conmemorativos, entre ellos, una gran exposición en el Museo Imperial de la Guerra. La muestra, que se inauguró el pasado 17 de abril, permanecerá abierta hasta marzo de 2009.

Solo para tus ojos: Ian Fleming y James Bond': del escritor al héroe global


sábado, 24 de maio de 2008

A minha filosofia vencerá um dia



Onde está a exigência de Otelo, a realidade de Salgueiro Maia, a "pessoa" de Mário Soares...Basta-me falar. Existe um dever, o orgulho da revolta. Não sou venerado...Sou apenas o discípulo, sátiro ou até santo. É possível. Não vou atrás de novos ídolos...Existe um mundo real e outro aparente, a fábrica e a realidade. O futuro, o direito e a revolução de Abril. Existe a recordação presente de Salgueiro Maia, paqra quem souber...O gelo do aparente e da realidade...A história de um grande nome. Não é cegueira e muito menos cobardia. A minha filosofia vencerá um dia.

O Não do SemOrdem à Galp

ABASTECER NA GALP? NEM QUE A RAPARIGA DA BILHA ME LEVE AO COLO!

A iniciativa d'O Jumento e da Barbearia do Senhor Luís já deu os primeiros passos, são vários os blogues que já disseram não à GALP. Para já também disseram não à Galp:

"Esta é a única forma de os consumidores imporem concorrência no mercado dos combustíveis forçando as petrolíferas a assumirem uma parte dos altos preços do crude, deixando-se de financiar à custa da antecipação dos preços. Está na hora de venderam o que comprar há três meses pelos preços na bolsa para daqui a um mês, obtendo margens gigantescas que vão engrossar os capitais circulantes com que negoceiam na bolsa.

Está na hora de combater esta prática oportunista na formação dos preços. Veremos os resultados, para já é evidente que a GALP está nervosa, iremos assistir ao reforço das suas campanhas publicitárias e à mobilização dos comentadores amigos, não vão faltar personalidades a dizer que o boicote à Galp não terá resultados, o orçamento publicitário da empresa dá para encher os bolsos a muitos dos nossos opinion makers.

Por mim não vou abastecer-me à Galp, nem que a rapariga da bilha me leve ao colo."

"Roubado" no Jumento

Longe vá o agoiro do palhaço do circo

Coisas do Circo
Votar neles, para quê?
“Progrediu-se mais nas últimas três décadas do que em séculos de existência”.

Longe vá o agoiro, mas seria interessante se, por qualquer razão, mesmo virtual, PCP e Bloco de Esquerda, ou uma coligação entre os dois, tivesse a oportunidade de governar Portugal nos tempos que correm. As sondagens mostram que os dois partidos à esquerda do PS têm aumentado a influência e detêm quotas de votações muito superiores à sua realidade sociológica, como resultado das difíceis reformas de Sócrates para criar um País moderno.

Na prática, os dois partidos têm vindo a beneficiar do chamado ‘voto de vingança’ de militantes e simpatizantes do PS e até de outros partidos à sua direita que, não vendo contemplados os seus interesses, ‘castigam’ o partido no poder sem cuidar de avaliar todas as implicações das suas opções. Com o PCP e o BE, Portugal seria um país isolado. Não estaríamos na União Europeia, não beneficiaríamos das ajudas que permitiram corrigir em poucos anos as grandes assimetrias do País. Não haveria estradas a ligar todas as regiões, metade do País continuava sem água canalizada e sem electricidade, o saneamento básico herdado de Salazar permaneceria, os mais desfavorecidos viveriam no mais completo abandono.

É indiscutível que Portugal tem hoje uma qualidade de vida inimaginável há 30 anos. Progrediu-se mais nas últimas três décadas do que em séculos de existência. Isso foi feito em democracia e por gente que nunca pôs em causa a liberdade. Não por forças de extrema-esquerda no poder que não gostam da liberdade para todos, que não aceitam a democracia como o sistema menos injusto da organização dos povos em sociedade. Viu-se em 1975. Creio que ninguém tem dúvidas de que seria um verdadeiro desastre se esse fundamentalismo saltasse da Assembleia da República para São Bento. A demonstração está feita. Se olharmos o Mundo concluímos que já não existem governos e países (uma ou outra excepção) erguidos na base desse extremismo. As pátrias do comunismo acabaram, seguem agora outras políticas e tudo indica que, mais cedo ou mais tarde, se irão pautar pelos princípios da democracia.

A Rússia e a China há muito que abandonaram a velha cartilha que o PCP e o Bloco de Esquerda andam a ‘vender’ por todo o País. O princípio de que ‘os ricos que paguem a crise’ já não tem sequer aplicação no mundo global. Tudo seria pior com a terapia anacrónica preconizada por esses partidos para a resolução dos problemas portugueses. Felizmente o Governo deste país não está nas suas mãos e deles nada depende. Votar neles, para quê? Para a direita se consolar no poder?

Emídio Rangel, Jornalista

Sábado, 24 de Maio de 2008

A cor do dinheiro

Paulo Teixeira Pinto - "Abandonei Deus várias vezes"
A fé, as artes, a política e a família são questões a que o ex-banqueiro responde depois de vários anos habituado a ver de si uma imagem distorcida, redutora e parcial.

Caudilho

Estará por aí a nascer um caudilho


Pobre país que se habitua a viver com as estatísticas que o mostram campeão das desigualdades. E pouco importa ser o primeiro na União Europeia, ou ultrapassar os norte-americanos, bem mais importante é saber que não sabemos fazer o caminho para inverter a situação.

E este pobre país nem pode queixar-se, apenas, do Poder Executivo e do Poder Legislativo. A desigualdade não se resolve por decreto. Somos nós todos, cidadãos de meia-tijela, que aceitamos viver assim. Há cinco séculos demos novos mundos ao Mundo, saindo de barco à procura do desconhecido, mas hoje não somos sequer capazes de dar a nós próprios a vontade de ter novas ideias. Ideias que façam a diferença, que nos transformem em gente mais justa e mais solidária. Queremos ser ricos e ponto final.

Precisamos de políticos com coragem e sabedoria para propor um outro modelo de sociedade aos portugueses. Um modelo onde ninguém tenha de deixar de sonhar em ser rico, onde ninguém seja impedido de lá chegar com trabalho, com mérito ou com sorte, mas em que não aceitemos que alguém viva sem nada tendo nós muito de sobra.

Cada vez mais, a inteligência colectiva de uma sociedade revela-se na forma como distribui a sua riqueza e não na capacidade de a fazer crescer. Até porque a riqueza bem distribuída potencia a criação de mais riqueza. É assim e não ao contrário, como nos têm dito os centralistas do regime de há muitos anos para cá.

A globalização teve o grande mérito de dar a centenas de milhões de seres humanos a capacidade de consumir, mas neste modelo de sociedade que se espalha pelo Mundo fica mais difícil ser pobre. O dinheiro circula hoje com mais facilidade, mas os direitos não são para todos.

A crise, que é financeira e nasceu na América, não afecta os que mais têm. Lá, como cá, são os pobres quem já não tem dinheiro para pagar as favas. Falhada a ideia de criar estados socialistas, caído o muro de Berlim, os socialismos mais democráticos aproximaram-se do Centro. E aproximaram-se de tal forma que se confundem muitas vezes com os partidos de Direita. Não é uma coisa portuguesa, é do mundo ocidental, muito à imagem do Tio Sam em que os republicanos são de Direita e os democratas são um pouquinho menos.

É a Esquerda que tem de procurar novas soluções. Se isso não acontecer, vão crescer os populismos e não estaremos muito longe de viver as tragédias dos sul-americanos que, fartos da realidade, acreditam em todo o tipo de promessas.

Quantos mais são os deserdados do regime, maiores são as possibilidades de Portugal ser governado um dia por um caudilho tipo Hugo Chávez. Num país de corporações e de egoísmos, basta que alguém prometa tudo a toda a gente.

Paulo Baldaia escreve no JN, semanalmente, aos sábados

Um dia de boicote

..."A Galp, que controla a maior rede de retalho no país, não escapa a este movimento. E a ter adesão, um dia de boicote representará uma quebra nas vendas da petrolífera portuguesa de 13 milhões de euros, tendo em conta que as vendas médias por posto são de cerca de 3,1 milhões de metros cúbicos, noticia o «Semanário Económico».

Boicote Nacional

Nas primeiras 24 horas o site teve mais de 1500 visitas únicas e perto de 3000 pageviews. Foram recebidos mais de 60 emails de apoio e sugestões para o site.

Não Abasteçam na BP, GALP e REPSOL!

NÃO ESQUEÇAM 1 - 2 - 3 de JUNHO que vem Não Abasteçam na BP, GALP e REPSOL!

PASSEM A PALAVRA
Vamos fazer a diferença!
Isto tem que começar por algum lado!
Vamos passar a palavra e não ser indiferentes, temos que fazer com que as coisas mudem!
A subida vertiginosa do preços dos combustíveis tem que parar e temos que fazer com que baixem!
Para tal vamos combinar três dias nacionais seguidos de NÃO ABASTECIMENTO NA BP, GALP, REPSOL!

Esses dias serão o 1 -2 -3 de Junho que vem!

VAMOS FAZER A DIFERENÇA!

Nesses dias abasteçam em outros postos de combustíveis tais como a Esso, Total, Continente (antigo Carrefour), Intermarché, Jumbo e Eleclerc!
Juntos teremos força para baixar os lucros destes gigantes!
Agora é só passar a palavra com urgência!
Estou farto de ser levado na hora de pagar!
CHEGA!
SEJAMOS UNIDOS PORTUGUESES E TODOS OS QUE TENTAM SOBREVIVER EM PORTUGAL!

NÃO ESQUEÇAM 1 - 2 - 3 de JUNHO que vem Não Abasteçam na BP, GALP e REPSOL!
FORÇA PORTUGAL!

O preço da gasolina

Bom dia a todos,
Ouvimos dizer que o preço da gasolina vai subir até próximo de
1,70? o litro,até ao Verão.

Querem que o preço da gasolina baixe?

É POSSIVEL!
O ano passado algumas propostas foram avançadas em França: « Não
comprem gasolina determinado dia da semana » por exemplo!
As companhias petroliferas riram, pois elas sabiam que a gasolina que
eles não comprariam na 2ª feira comprariam na 3ª feira. Era um
inconveniente para eles, mas não um problema.
Em França alguém pensou num plano que pode funcionar e que está a ser
feito lá, mas que nós podemos fazê-lo também cá.

SE NÓS O QUIZERMOS
VERDADEIRAMENTE

Cabe-nos a nós colocá-lo em acção!
A gasolina vende-se actualmente a
1,4? o litro para a 98.

Lembram-se quando eles fizeram subir a gasolina para perto de um euro.
Eles diziam que havia falta de petroleo.

Defacto, não há mais falta de petroleo, actualmente é mais abundante
que hà 35 anos quando o preço do litro era a 0.20?. Nós devemos agir
agressivamente e mostrar-lhes que são os compradores que controlam a
bolsa e nao as petroliferas.
A única maneira de ver-mos o preço da gasolina baixar, é tocar-lhes
onde mais lhes doi: as suas carteiras!

NÓS PODEMOS
FAZE-LO! COMO?

Eu proponho esta ideia:
Durante o resto do ano,
NÃO COMPRAMOS MAIS GASOLINA
Nas duas maiores companhias

BP, e GALP


Se as duas maiores petroliferas não venderem nada, elas devem
inevitavelmente baixar os seus preços e isso desencadearia
imediatamente a guerra de preços desejada.
Mas, para obtermos o impacto desejado, nós devemos chegar a milhões de
compradores da GALP e BP.

Como devemos proceder?

Eu envio o mail a 30 pessoas.
Se cada um, enviar a 10 outros, nos teremos 300.
Se estes 300 enviarem a outros 10, entao teremos 3 000 pessoas ...
Assim, o proximo envio ja atingirá 3 000 000 de pessoas.

Se cada um de nos fizer seguir esta mensagem, nós conseguiremos
MUITOS MILHÕES
de pessoas
A FAZER GUERRA ÁS PETROLIFERAS NOS PRÓXIMOS DIAS!
Crêem verdadeiramente que eles têm
escolha?

SIM, NÓS PODEMOS GANHAR
MAS?

É absolutamente
INDISPENSÁVEL
continuarmos a comprarmos a nossa gasolina
Em qualquer outro posto
Mas não na
GALP, Nem BP
ATÉ ATINGIRMOS OS NOSSOS OBJECTIVOS
E, SOBRETUDO,
FAZER SEGUIR ESTA MENSAGEM
Podemos contar consigo??

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Crimes de Guerra

Al repasar esta semana algunos de los más sonados crímenes de guerra de EEUU en Irak, nos preguntamos por las posibles causas de estos hechos. Sin duda, responden a multitud de factores que van desde el estrés postraumático, que sufre uno de cada seis combatientes, hasta el abierto desprecio por la vida del otro.

Pero en algunos casos, como señala el profesor James Kelly, estos brutales actos contra civiles indefensos podrían estar relacionados con la imperiosa necesidad del Pentágono de conseguir nuevos reclutas, lo que lo habría llevado a reducir los niveles de exigencia en los procesos de selección.

No es que antes hubiese que ser doctor en derecho internacional y tener un historial moral exquisito para sumarse a las fuerzas armadas, pero la laxitud en el reclutamiento ha abierto la puerta a personas que antes no hubiesen sido destinadas a zonas de combate.

El sargento Jeffrey D. Waruch podría resultar paradigmático en este sentido, pues ya en EEUU había dado muestras de tener evidentes problemas psicológicos. No en vano se le había impuesto una orden de alejamiento de dos mujeres de las que supuestamente había abusado, y la policía le había requisado las armas que tenía en su casa.

Una vez en el terreno, Waruch reaccionó de forma brutal cuando el convoy en el que viajaba, por las proximidades de la ciudad de Al Abbassi, fue alcanzado por una bomba en febrero de 2004.

Aunque el explosivo sólo les hubiera causado heridas leves, Waruch se bajó y corrió hacia una madre, Shaha al Jabouri, y sus dos hijas, que estaban trabajando en un campo de judías. Les disparó cuando intentaban huir. Intisar al Jabouri, de 13 años, murió debido a las heridas.

Tiempo después se supo en la prensa que el sargento Marcus Warner trató de prevenir que Waruch viajase a Irak, ya que lo consideraba “un cáncer para sus hombres”.

Si la experiencia de un conflicto armado resulta profundamente perturbadora para quien está en pleno uso de sus facultades, mucho más lo es para personas inestables emocionalmente y con problemas psicológicos.

Estas últimas tienen aún más probabilidad de cruzar la línea y cometer un crimen de guerra . Sin embargo, el Pentágono las envía a ganarse “el corazón de los iraquíes”.

Pero no sólo eso, ya que en algunos casos EEUU parece dispuesto a amparar sus crímenes. Waruch, que diez días más tarde se vio involucrado en otro asesinato de un civil iraquí, nunca se sentó frente a un tribunal. Sólo fue dado de baja del ejército en 2006.

Continúa...

Copiado na íntegra no Blog: VIAJE A LA GUERRA

Hernán Zin está de viaje por los lugares más violentos del siglo XXI.
El horror de la guerra a través del testimonio de sus víctimas.

Todos os nomes


Como te chamas? - Pergunta a professora

- 'Chibanga' - responde o puto.

- 'Estamos em Portugal e não há cá Chibangas, isso era lá em Angola . Daqui para a frente chamas-te Manuel' - diz a professora.

À tarde Chibanga volta a casa.

- 'Correu-te bem o dia Chibanga?' - pergunta a mãe.

- 'Já não me chamo Chibanga, mas sim Manuel, porque agora vivo em Portugal.'

- 'Ah, tu tens vergonha do teu nome, da tua raça e renegas os teus pais!'

A mãe fica danada e enfia-lhe uma galheta bem aviada.

Chega o pai a casa e faz a mesma pergunta.

- 'Correu-te bem o dia Chibanga?'

- 'Já não me chamo Chibanga, mas sim Manuel, porque agora vivo em Portugal.'

- 'Ah, tu tens vergonha do teu nome, da tua raça e renegas os teus pais!'

Chibanga oferece a outra face e leva mais uma galheta.

No dia seguinte quando chega à escola, a professora reparando nas marcas dos dedos na cara do miúdo, pergunta:

- 'O que é que te aconteceu Manelinho?'

- 'Bem professora, ainda não era português há duas horas e fui logo agredido por dois pretos."


O céu pode esperar


Rungroj Yongrit / EFE
El cielo sobre Bangkok. Nubes negras sobre la capital tailandesa.

"Velha" e robusta, 125 anos depois


Lucas Jackson / Reuters
Viejo y robusto. Festejos por el 125 aniversario de la apertura del puente de Brooklyn en Nueva York.

Grande Mulher


Toni Garriga / EFE
La ministra y Miquel. La ministra de Defensa, Carme Chacón, abandona el hospital de Sant Joan de Deu de Esplugues de Llobregat con su hijo Miquel, acompañada de su marido, Miguel Barroso.

Em Portugal até já foi Ministro da Defesa um tal PP, para desonra dos militares!

Em nome de Deus

El último escándalo de corrupción en Italia, una trama de contratas en centros públicos, no sería nada excesivamente extraordinario si no hubiesen aparecido en el sumario los nombres de los cardenales Tarsicio Bertone y Angelo Bagnasco, 'número dos' del Vaticano y cárdenal de Génova, respectivamente (además, Bagnasco es el presidente de la Conferencia Episcopal italiana).

La corrupción amenaza con salpicar al Vaticano

Mão negra

ZONA20
Carta de Madrid Subida vergonzante
M.T.P. 23.05.2008
Parece como si una mano negra tapara la tamaña desvergüenza que representa la subida de los carburantes (además la mayor parte son impuestos). Nadie levanta la voz. No hay protestas masivas en contra. La subida afecta directamente a la clase media, al llenar el depósito y al subir el precio del transporte en general, lo que hace que suba todo. La gente permanece impávida e, inexplicablemente, se siguen formando atascos los fines de semana. El dinero no se estira. Me gustaría que alguien me lo explicara. Y el por qué de esta pasividad.

Mas o resto...


El debut musical de Scarlett Johansson, Anywhere I lay my head, no está marchando tan bien como ella esperaba.

na cantante "mediocre"

127,59 USA

El precio del barril de crudo de la OPEP ha alcanzado una nueva marca histórica al venderse ayer a 127,59 dólares por barril, 3,14 dólares o un 2,4% más que el anterior día de cotización.

Pese a los altos precios, la OPEP ha descartado de momento aumentar su producción al considerar que los mercados están bien abastecidos y que la carrera alcista se debe, sobre todo, a la actuación de especuladores y a la debilidad del dólar.

El crudo de la OPEP ha batido su récord histórico: 127,59 dólares por barril

"A bola do dragão"


Mientras los rumores indican que la fecha definitiva de estreno se ha retrasado dos días, hasta el 10 de abril de 2009, los seguidores de Bola de Dragón siguen recibiendo información con cuentagotas, la última una serie de fotografías publicadas en las revistas Roadshow y V-Jump.

Los protagonistas de la peli de 'Bola de Dragón'

A grande mancha vermelha


Durante 300 años las bandas de la atmósfera de Júpiter han mostrado unas características muy extraordinarias a través del telescopio, un gran sistema tormentoso en forma de remolino llamado La Gran Mancha Roja .

'Huevos fritos' en Júpiter

125 anos


La característica estructura colgante del puente y sus arcos neogóticos aparecen en todo tipo de películas, desde las clásicas de Woody Allen hasta 'Godzilla', 'Colverfield', 'Deep Impact' o 'Soy Leyenda', entre otras, y en las que a menudo es destruido por monstruos, tsunamis, el maligno Magneto de la Patrulla X o las fuerzas aéreas estadounidenses.

El puente de Brooklyn celebra su 125 aniversario

Festival da Canção, edição 53

Vânia Fernandes, a representante portuguesa.
1.- Rumanía: Vlad Mirita & Nicoleta Matei, con 'Pe-o margine de Lume'.
2.- Reino Unido: Andy Abraham, con 'Even If'
3.- Albania: Olta Boka, con 'Zemrën e lamë peng'.
4.- Alemania: No Angels, con 'Disappear'.
5.- Armenia: Sirusho, con 'Quele, quele'.
6.- Bosnia-Herzegovina: Laka, con 'Pokusaj'.
7.- Israel: Boaz Mauda, con 'The fire in your eyes'.
8.- Finlandia: "Teräsbetoni", con 'Missä miehet ratsastaa'.
9.- Croacia: Kraljevi ulice & 75 Cents, con 'Romanca'.
10.- Polonia: Isis Gee, con 'For life'.
11.- Islandia: Euroband, con 'This is my life'.
12.- Turquía: Mor ve ötesi, con 'Deli'.
13.- Portugal: Vânia Fernandes, con 'Senhora do Mar'.
14.- Letonia: Pirates of the Sea, con 'Wolves of the sea'.
15.- Suecia: Charlotte Perrelli, con 'Hero'.
16.- Dinamarca: Simon Mathew, con 'All night long'.
17.- Georgia: Diana Gurtskaya, con 'Peace will come'.
18.- Ucrania: Ani Lorak, con 'Shady lady'.
19.- Francia: Sébastien Tellier, con 'Divine'.
20.- Azerbaiyán: Elnur & Samir, con 'Day after day'.
21.- Grecia: Kalomira, con 'Secret combination'.
22.- España: Rodolfo Chikilicuatre, con 'Baila el chiki chiki'.
23.- Serbia: Jelena Tomasevic, con 'Oro'.
24.- Rusia: Dima Bilan, con 'Believe'.
25.- Noruega: Maria Haukass Storeng, con 'Hold on be strong'.

Rodolfo ya conoce a todos sus adversarios

quinta-feira, 22 de maio de 2008

"38 anos de guerra"

"38 anos de guerra não produziram apenas uma tragédia em Angola. Produziram milhões de tragédias: 2 milhões de mortos, 1,7 milhão de refugiados, milhares de órfãos, 200 pessoas mortas de fome por dia, 80 mil crianças, velhos, homens e mulheres mutilados pelas milhões de minas semeadas pelo país afora. Em Angola, são milhões de tragédias, cada qual com um nome e uma história de final infeliz.

A tragédia que se chama Margarida João fecha os olhos e vê de novo o obus (artefato explosivo em forma de bala gigante, disparado de longa distância) caindo sobre o prédio onde morava em 1993, na cidade de Huambo, matando 35 vizinhos e amigos. Abre os olhos e vê a mãe, a filha Joelma, de 16 anos, um tio e dois sobrinhos assassinados a sangue frio pela guerrilha da Unita. Dorme e sonha com a fuga em direção a Luanda, 20 dias a pé, bebendo água da chuva, meio morta de fome. Acorda espremida com outras 15 pessoas numa tenda de lona verde puída no campo de deslocados de guerra Comandante Gika, na capital do país, onde mora há seis anos e onde talvez viva até morrer.

Miquirina Jambo, Félix e Maurício são os nomes de três outras tragédias. Em1993, Miquirina, que tinha 23 anos, foi com o primo Félix cortar lenha no mato. Félix, que ainda não tinha sete anos de idade, pisou numa mina. Desesperada, Miquirina correu para buscar ajuda. E pisou em outra mina.

Félix morreu perfurado pelos estilhaços. Miquirina perdeu a perna esquerda, mas sobreviveu para botar no mundo quatro filhos doentes. Um deles, Maurício, de três anos, está agora largado no chão do acampamento de deslocados de Huambo, capital da província de mesmo nome, onde a família vive desde que chegou em dezembro do ano passado, fugindo da guerra civil. Maurício não sabe falar. Um dia, ardeu de febre, quase morreu de diarréia e perdeu também para sempre, como descreve a mãe, "a força de andar". Maurício vê o mundo triste do acampamento com olhar distante, o rosto meio coberto de moscas. De vez em quando, tirando forças ninguém sabe de onde, ergue a mãozinha muito magra e espanta as moscas. Mas elas voltam.

Quando nasceu, Maurício não tinha esperanças de viver mais que 42 anos: é essa a expectativa de vida em Angola, a quinta mais baixa do mundo. Com o passar do tempo, diminuem as chances de envelhecer: doente e desnutrido, Maurício corre o risco de engordar as estatísticas de mortalidade infantil, uma das mais altas do planeta: nada menos que um quarto das crianças morrem antes de completar cinco anos de vida. De sarampo, pólio, meningite, malária, diarréia, fome.

Maurício tem a pele meio devorada pela sarna. Não é o único. Por falta de sabão para lavar o corpo e a única roupa do corpo, segue a sarna a comer a pele de boa parte dos 22 mil deslocados de guerra desse acampamento conhecido como Coalfa porque está instalado nos galpões varados de tiros de fuzil da antiga fábrica homônima. Por ironia do destino _ como se estivesse escrito em algum livro santo que o destino da Angola é morrer em guerra _ a Coalfa fabricava sabão...

Em Kuito, capital da província de Bié, que já foi uma cidade florida e hoje tem mortos da guerra plantados nos jardins e quintais das casas, cada rosto que espia por trás de paredes e muros destruídos pela fuzilaria e pelos obuses conta uma tragédia, pelo menos uma. Mas Manuela Marinho, sozinha, carrega oito: o marido Francisco e os sete filhos (Solange, 16 anos; os gêmeos Maximiano e Helder, 14; Letícia, 11; as gêmeas Ana e Joana, 9; e a caçula Rossana, 7), mortos por um obus quando tomavam café da manhã. As oito tragédias de Manuela estão enterradas numa única cova, neste país de cruzes em vez de flores."
sobe
1a Página